sábado, 6 de junho de 2009

78 - Este é um bom exemplo de um "mito urbano"

Segundo o UrbanLegends a droga de facto existe (explicações na wikipedia) mas tem de ser inalada, ingerido ou então o contacto com a mesma tem de ser prolongado, dando a entender que nunca em 2 minutos nem na quantidade suportada por um simples pedaço de papel.
Para juntar a isto, esta versão é muitíssimo parecida com uma versão escrita em espanhol (e que diz ter acontecido no Peru) posta em circulação algures em 2004.





Segue o email original:


PESQUISEM NA NET.....!!!!!!


Vale a pena estar atento...

O último sábado procurava um telefone público e encontrei um apenas em
frente ao estacionamento de Soriana (Pr Espanha). Estacionei a alguns metros
mais atrás e desci do carro. Quando estava a falar chegou um homem sem uma
perna e com muletas. Perguntou-me se podia ajudá-lo a marcar um número, e
deu-me o cartão de crédito para a chamada e um papel onde estava anotado o
telefone. Com muito prazer para ajudar, peguei no papel e comecei a marcar
o número. Então em poucos segundos comecei a sentir-me, sentia que
desmaiava. Acontecia algo de anormal, corri para o carro e fechei-me
enjoado. Tonto, tentei ligar o carro e afastei-me um pouco, estacionando
aí...Depois, não lembro mais nada. Mais tarde despertei enjoado, a cabeça
estourava-me... consegui chegar até minha casa, seguindo de imediato para
o hospital. Após os exames ao sangue, confirmou-se o que suspeitava. Era a
droga que está de moda: a "Burundanga" ou escopolamina. "Tiveste sorte -
disse-me o médico. Não foi uma entoxicação, mas apenas a reacção à
droga...Não quero imaginar o teria acontecido se os teus dedos tivessem
absorvido toda a droga ou ficasses lá mais 30 segundos..."

Com uma dose mais forte, uma pessoa pode ficar até oito dias "desligada
deste mundo. Nunca tinha pensado que aquilo se podia passar comigo! E foi
tudo tão rápido... Escrevo não para os assustar, mas para os alertar. Não
se deixem surpreender!

Oxalá não aconteça nada com você!

O Médico do hospital (Dr. Raul Quesada) comentou que eram já vários os
casos como este e falou dos mortos encontrados sem órgãos. Encontraram-se
restos dessa droga nos dedos dos mortos. Estão a traficar os
órgãos!!!!!!!!

Tenham cuidado e enviem a todos os familiares, amigos, vizinhos....Podem
salvar uma vida!

A escolopamina ou burundanga, usada também em medicina, provém da América
do Sul e é a droga mais usada pelos criminosos (geralmente em número de 3)
que escolhem as suas vítimas. Actua em 2 minutos, faz parar a actividade
do cérebro e com ela os criminosos roubam a vontade às vítimas
fazendo-lhes o mal que pretendem: roubos, abusos, etc. ELA NÃO SE LEMBRARÁ
DE NADA!! Em doses maiores pode fazer a vítima entrar em coma e até levar
à morte.

Pode ser apresentada em rebuçados, doces, papel, num livro que se abre...
um pano, que uma vez aberto, deixa escapar a droga em forma de
gás....Cuidado com pessoas que vêm falar connosco, como se nos
conhecessem...especialmente nas estações... Não deixe entrar em casa
estranhos!!

Reenvie e alerta toda a gente dos seus contactos

11 comentários:

Kruzes Kanhoto disse...

Respondo quase sempre a este tipo de e-mails. Neste caso perguntaria, entre outras coisas, em que hospital trabalha o tal Raul Quesada. Desconfio que trabalha para aí em 20 hospitais de 10 paises diferentes...

NavegaDora disse...

Uma amiga minha andou à procura na internet e não encontrou nenhuma referência ao nome desse médico. Não me admiraria que a história fosse plagiada de algum acontecimento na américa latina, pois há uns anos atrás lembro-me de ter lido sobre um caso de ladrões de órgãos, só não me lembro se foi no Peru.

ARSANJO disse...

Se a droga é em forma de gás como diz o e-mail entao a pessoa que estava ao lado, nao foi intoxicada ou estava com equipamentos "anti-gas" tipo da SWAT?

guapidadolores disse...

Obrigada por partilhar os mitos urbanos na blogosfera. Eu normalmente verifico sempre a veracidade da informação que me enviam, porque acho que temos que separar o trigo do joio sob pena de não darmos importância àqueles que são na verdade importantes.Um dos sites que costumo consultar é o seguinte: http://urbanlegends.about.com/.
Cumprimentos.
P.S.Parabéns por fazer parte de uma classe que às vezes é tão maltratada e por transmitir conhecimento às gerações vindouras. .

Joao P. disse...

Cara Guapidadolores:

Obrigado pela partilha do link. Vou já ver e colocar na barra lateral deste blogue...

Quanto aos cumprimentos pela profissão que exerço, muito os agradeço. No entanto, em nome de uma razoabilidade e para me manter são mentalmente abstenho-me de fazer mais comentários sobre esse assunto. Eu e os meus alunos merecemos isso!

Obrigado pela visita

João P.

Et Bilu, M.D. disse...

Se a escopolamina fosse tão letal assim, mais de 80% de toda a população feminina teria morrido.

Afinal de contas, qual mulher nunca tomou Buscopan para aliviar cólicas menstruais pelo menos uma vez na vida? quem não tomou, pelo menos, conhece alguém que tomou.

Zell Maria e Artesãs Amigas disse...

Só um detalhe: escolopamina = burundanga é diferente da escopolamina = buscopan. De qualquer forma, eu também vim pesquisar, pois acabo de receber tal e-mail. Pobre Raul Quesada...

Pedro Pacheco disse...

Bem, não há histórias dessas nas noticias portanto deve ser falso.

Anônimo disse...

Bom,primeiras coisas que pensei quando li isso:
1.Bem que o carinha que estava "dando o golpe"poderia ter "descolado"uma perna pra ele... já que estavam roubando tudo... seria fácil.
2.Se ele tivesse apenas um braço faria mais sentido ele pedir ajuda para anotar algo, já que não escrevemos com os pés.

heheh

Anônimo disse...

Soriana é uma cadeia de supermercados mexicana. Quanto a esta realidade de raptar pessoas para roubo de orgãos, em PT ainda não chegou, mas no México é uma realidade diária.

João Paulo Proença disse...

bom, então o spam confirma-se!

Vejamos

Em Portugla não há soriana e há uma Praça de Espanha. Não bate certo

Se este acontecimento se eeu noutro país (por exemplo no México) onde há uma Soriana e eventualmente uma Praça de Espanha então porque é que o mail está escrito em Português e não refere contextos?

Cumprimentos